Novidades
Biblioteca
Fibrenamics Desenvolve Mistura Cimentícia com Recurso a Resíduos Verdes Obtidos a Partir de Espécies Invasoras

02 fev 2023Notícias

Fibrenamics Desenvolve Mistura Cimentícia com Recurso a Resíduos Verdes Obtidos a Partir de Espécies Invasoras

Fibrenamics Desenvolve Mistura Cimentícia com Recurso a Resíduos Verdes Obtidos a Partir de Espécies Invasoras

Fibrenamics Desenvolve Mistura Cimentícia com Recurso a Resíduos Verdes Obtidos a Partir de Espécies Invasoras

A Região Autónoma dos Açores enfrenta, atualmente, um desafio significativo com a presença de uma espécie invasora conhecida como conteira. Esta espécie, originária da América do Sul, é uma ameaça à biodiversidade e ao equilíbrio ecológico da região.

Face a esta problemática, a união entre a equipa de especialistas do Instituto Fibrenamics com o consórcio formado pelas entidades LREC (Laboratório Regional de Engenharia Civil) e CIMPA (Centro de Inovação em Materiais e Produtos Avançados), resultou num projeto sustentável que visou a criação de EcoCompósitos reforçados com materiais fibrosos de origem natural e propriedades de inteligência térmica, para estruturas de alvenaria e aplicação no setor do turismo.

“A utilização de ecocompósitos com inteligência térmica, como os desenvolvidos no projeto, irá contribuir para o aumento do conforto térmico nos edifícios, minimizando o gasto energético com aquecimento e refrigeração.” - Adiantou Raquel Galante, Gestora de Projetos da Fibrenamics Azores.

Estes EcoCompósitos inovadores e sustentáveis, foram obtidos a partir dos resíduos verdes provenientes de espécies invasoras da Região Autónoma dos Açores, com o intuito de fomentar a resistência de estruturas de alvenaria à fissuração, especialmente no setor do turismo. Além disso, o projeto contribuiu para a gestão eficiente de recursos fósseis, através da incorporação de materiais de mudança de fase que permitem a retenção e acumulação de energia contribuindo, assim, não só para a diminuição, em 2º Celsius, da amplitude térmica interna média como também para o cumprimento das metas do Protocolo de Quioto.

ecocompositos-fibrenamics-lrec-cimpaFigura 1 - Fases de produção dos ecocompósitos inteligentes.

“Com a adição das fibras naturais da conteira em argamassas de revestimento, não só combatemos uma espécie invasora como ainda valorizamos esse recurso e, por inerência, os materiais e as construções da Região.” - Referiu Francisco Fernandes, Diretor do Laboratório Regional de Engenharia Civil.

Com esta inovação, a Fibrenamics contribui, assim, para um avanço científico de elevada importância tanto para a área da construção, como para a economia regional e para o meio ambiente. Estes EcoCompósitos permitirão à Região Autónoma dos Açores, num futuro próximo, alcançar a independência de recursos exógenos e a redução de custos de transporte dos mesmos, contribuindo, portanto, para o desenvolvimento económico e sustentável da região.

Gostou deste artigo? Faça parte da comunidade Fibrenamics, registando-se gratuitamente aqui.

Artigos Relacionados

“A Região Norte terá condições únicas para antecipar a Neutralidade Carbónica”

26 jul 2022Notícias

“A Região Norte terá condições únicas para antecipar a Neutralidade Carbónica”

Em conversa com Raul Fangueiro, Presidente da Associação Fibrenamics, António Cunha, Presidente da CCDR-N, vislumbrou o futuro da tecnologia e salientou a importância que esta terá para o cumprimento do compromisso do Ser Humano para com o planeta.

Ler mais
Fibrenamics da UMinho desenvolve soluções inovadoras para preservação de alimentos frescos

03 mar 2020Notícias

Fibrenamics da UMinho desenvolve soluções inovadoras para preservação de alimentos frescos

Saferfood é o nome do projeto desenvolvido pela Plataforma Internacional da Universidade do Minho para utilização em embalagens alimentares, que vai permitir melhorar a qualidade dos produtos frescos embalados e aumentar o seu tempo de prateleira.

Ler mais

Cookies

A Fibrenamics utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e para fins estatísticos. A continuação da utilização deste website e serviços pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Política de cookies.