Novidades
Biblioteca

01 out 2018 - 31 dez 2020 Technology

BasaltWaste Composite

Desenvolvimento de EcoCompósitos reforçados por resíduos provenientes da exploração de basalto, com propriedades antimicrobianas, para componentes de arquitetura.

Numa era dominada pelas preocupações em torno do meio ambiente e da sustentabilidade dos recursos disponíveis pela natureza, também a procura, pela utilização e potenciação de materiais naturais assume particular importância, como efeito mitigador das políticas de redução de emissão de gases de efeito de estufa, que têm contribuído, entre outras causas, para o aquecimento global do planeta.
No caso particular da rocha de basalto, a sua utilização gera uma elevada quantidade de resíduos e desperdícios, fruto dos processos de extração, corte e lixagem da mesma até à obtenção final dos produtos convencionais, os quais não são tipicamente introduzidos em processos de reaproveitamento e valorização.

Objetivos
Encontrar novas soluções de valorização dos resíduos da rocha de basalto que possam potenciar as suas caraterísticas e propriedades e originar produtos de maior valor acrescentado, valorizando as suas componentes estética e funcional.

Inovação
O projeto BasaltWaste Composite segue a forte tendência para a utilização de materiais poliméricos em substituição de materiais convencionais como o aço, alumínio, entre outros. Esta tendência é largamente justificada pelas caraterísticas excecionais deste tipo de materiais, nomeadamente no que à sua menor densidade e custo diz respeito, além da eliminação da possibilidade de corrosão destes materiais com o tempo.
Aliado a estes fatores, os polímeros revelam-se igualmente versáteis e duráveis, além de não se verificar qualquer prejuízo ao nível das suas propriedades mecânicas nos produtos finais, comparativamente com os materiais tradicionais.
Por outro lado, e em consonância com o desenvolvimento da ciência e engenharia dos materiais, estas vantagens podem ainda ser incrementadas pela combinação de polímeros com materiais fibrosos ou cargas minerais, como o caso dos resíduos da extração do basalto, originando materiais compósitos.

Resultados
O projeto deu origem a vários protótipos de forma a avaliar a influência de utilização de diferentes tipos de resíduos minerais, assim como diferentes variáveis de processamento.
Foram testados os seguintes resíduos minerais, provenientes da exploração do parceiro Albano Vieira: pedra pomes, bagacina, ignimbrito, lamas secas, lamas húmidas e mistura.
O consórcio Facil/Albano Vieira, está agora habilitado a comercializar o seu conhecimento, vertido no desenvolvimento de produtos a partir de EcoCompósitos com a integração de resíduos de basalto. Esta estratégia permite ainda ao consórcio a penetração em mercados de alto valor acrescentado, com potencial de exportação e substituição de produtos importados para a construção e para o turismo.

Ficha Técnica
O projeto BasaltWaste Composite (ACORES-01-0247-FEDER-000013) é promovido pelo consórcio entre as empresas Facil Inova LDA. e a Albano Vieira SA.

Projetos Relacionados

01 set 2020 - 31 ago 2022 Technology

Rebuild17

Criação de uma plataforma para a valorização de resíduos originados no setor da construção civil

Ler mais

12 mar 2015 Technology

Shape up!

Transformação de resíduos de madeira em ligas de madeira artesanal.

Ler mais

Cookies

A Fibrenamics utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e para fins estatísticos. A continuação da utilização deste website e serviços pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Política de cookies.